As figuras paternas dos animes


Na semana do dia dos pais, resolvemos juntas alguns personagem de grandes animes que representam essa figura dos desenhos. Esses são os que a gente separou, mas se lembrar de mais algum, deixe aqui nos comentários!

1)    SUPER CAMPEÕES (Tsubasa e Roberto): na versão de 2002 do anime famoso pela temática do futebol, encontramos o protagonista Oliver Tsubasa.  Oliver não tem a presença regular de seu pai na história por ele ser marinheiro e viver viajando pelo mundo. Numa dessas viagens, ele conhece Roberto Hongo, famoso ex-jogador de futebol no Brasil.  


     Hongo precisou encerrar sua carreira por conta de um problema nos olhos, que tenta tratar com médicos do Japão. E é nesse momento que Roberto e Tsubasa se encontram. O ídolo brasileiro vê no filho daquele navegante, que ofereceu sua casa enquanto estivesse em tratamento no novo país, o potencial que o pequeno tem para o futebol e resolve fazer dele o seu “pupilo”, passando pra ele tudo o que sabe sobre futebol. Essa linda amizade dura todo o desenho, desde a escolhinha de futebol, passando pelo campeonato escolar e quando Roberto resolve voltar para o Brasil e trazer o menino para se tornar um profissional.

2)    CAVALEIROS DO ZODÍACO (Ikki e Shun): no anime não visualizamos o afeto paterno, visto que os cavaleiros são órfãos, o que os une ainda mais como amigos. 



O que podemos destacar, sem dúvidas, é a relação entre Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix. Os dois são irmãos que passaram parte da vida separados por conta dos lugares de treinamento, mas quando se reencontram, o mais velho Ikki sempre protege seu irmão caçula (menos no início, quando ele queria a morte de todo mundo rs). Rapidamente, podemos destacar também a relação do Mestre Ancião e seu aprendiz, Shiryu, pra quem ele passa os seus ensinamentos e criar um laço de professor x aluno muito especial. 





3)    DRAGON BALL Z (Goku, Gohan e Piccolo): em DBZ temos uma “dupla” paternidade. Goku é pai de Gohan. Porém, no início do desenho quando o pequeno tem apenas 4 anos, Goku morre e quem assume a responsabilidade pelo seu treinamento contra a nova ameaça é Piccolo, que até o momento era um ser maligno. 


O afeto de ambos durante esse período se intensifica de tal forma que Gohan adquire um enorme respeito por seu treinador, o chamando sempre de “Senhor Piccolo”, usando, inclusive, as mesmas roupas de seu mestre. Já Piccolo continua não se importando com ninguém, com exceção de Gohan. No início eu disse “dupla paternidade” porque o pequeno nunca, jamais deixou de amar seu pai biológico, Goku, e possui muito orgulho dele. Durante vários momentos, eles conseguem se encontrar, inclusive. Na “Era Cell”, Goku sempre chega para salvar seu filho. Mas o grande afeto entre Piccolo e Gohan permanece por todo o anime.

4)    YU YU HAKUSHO: a figura paterna também não é muito presente no anime, mas, quase chegando no final do desenho, descobrimos que o pai do protagonista Yusuke é o maior e mais temido Yukai (monstro) do mundo das trevas.



Até chegarmos nesse parte do desenho, destacamos a relação entre Urameshi e a mestra Genkai, sua tutora. Também não podemos deixar de mencionar Shizuru
, irmã mais velha de Kuwabara. Durante todo o anime ela demonstra uma grande preocupação com o caçula e cuida dele em diversos momentos, embora grande parte seja (um tanto quanto) agressiva! Rs 




5)    NARUTO: no mais famoso (e longo) anime que já vi na vida (rs) a figura paterna também se encontra no instrutor. O desenho começa com o nascimento do protagonista e, ao mesmo tempo, com a morte do pai dele. Naruto cresce sozinho na aldeia e isso tinha tudo para ser um grande caos em sua vida, porém o pequeno só busca o reconhecimento das pessoas. Dessa forma, ele busca em seus senseis a força que ele precisa aprender a ter para se superar. Começa com Iruka, que mais parecia um “irmão mais velho” e depois com Kakashi. Mas a grande figura que destacamos como “pai” do Naruto é o mestre Jiraya, que o leva numa viagem para treiná-lo durante 3 anos fora de Konoha.



Uma das cenas mais marcantes da relação deles é a compra e divisão de um picolé de dois palitos (parece besteira, mas é um marco entre mestre e aprendiz). Outro relacionamento que podemos falar é do amigo/rival de Naruto, Sasuke. Enquanto ele ainda é criança, seus pais morrem e, apensar da busca pela vingança, seu irmão mais velho, Itachi, ganha o lugar de figura paterna do personagem: “Não importa o que você vai se tornar. Eu sempre vou te amar.”



E aí, gostou? Lembrou dos personagens? Concorda com o que destacamos aqui? Então deixe seu comentário e… FELIZ DIA DOS PAIS!


Nenhum comentário

Comentários que contenham palavras ofensivas ou que tenham apenas a intenção de ofender serão bloqueados.