Netflix já funciona no Ubuntu nativamente, porém apenas no Google Chrome

Uma boa notícia para os fãs do Netflix e usuários do Ubuntu: O serviço de streaming agora funciona nativamente no Ubuntu (e provavelmente em outras distribuições Linux), porém apenas através do Navegador Chrome.




No mês passado, o engenheiro do Netflix, Paul Adolph, se comprometeu a retirar o filtro de user-agent, o último obstáculo que impedia que os usuários do linux fizessem streaming de conteúdo (o serviço checava o navegador e o sistema operacional e como o Linux não era suportado, não permitia o acesso). Agora que a nova versão da biblioteca de segurança (nss3) foi lançado para os usuários, a empresa retirou essa restrição ao sistema.


O único porém é que a reprodução de streaming só funciona no Google Chrome. Isso acontece, porquê o Google Chrome é o único navegdor que vem com um módulo específico que o Netflix exige para permitir a reprodução em um sistema através do HTML5. O módulo é chamado de “Encrypted Mídia Extensão” (ou simplesmente “EME”), que é uma forma de DRM user-friendly, utilizado pela empresa para evitar a pirataria de seu conteúdo.



Assim, para usar o serviço no sistema só é preciso estar como o sistema atualizado, instalar o Google Chrome (última versão disponível para Ubuntu) e correr pro abraço!

Se gostou da novidade e do blog e quer ficar ligado em nosso conteúdo, siga nosso Feed RSS, é só digitar seu e-mail lá no Blog, em "Receba nossos posts por e-mail", ou então curte nossa fanpage clicando aqui.