Mary Shelley e seu Frankenstein.


Nesse primeiro aniversário do Teoria Nerd e dia de halloween, presto minhas homenagens a britânica Mary Shelley criadora de uma das maiores obras literárias, Frankenstein.

Nascida em 1797, Shelley curiosamente parece ter a morte como "estigma" em sua vida, onde começa perdendo sua mãe dez dias após seu nascimento. 

Já em 1815 aos 18 anos de idade Mary que ainda tinha o sobrenome Godwin vivia um relacionamento com o poeta Percy Shelley e teria dado a luz a sua primeira filha que nasce de forma prematura, assim tendo a morte de sua filha duas semanas depois. Passado o tempo, desolada com a morte de sua filha ela e Percy resolvem viajar para Genebra/Suíça. 

Na viajem a Genebra Mary e Percy Shelley se casam, tendo a companhia de Claire irmã de Mary e o poeta Lord Byron, os quatros passam o verão em uma casa no lago onde se divertem lendo contos sobrenaturais em volta da fogueira. Com as longas noites de contos Byrlon sugere que todos escrevessem o seu próprio conto sobrenatural, foi onde Mary Shelley teve a ideia de Frankenstein. 

Com apoio total de seu marido Percy, ela expande o conto transformando em seu primeiro romance sendo publicado em 1818. Tendo a primeira edição dividida em três volumes, mas sem ter seu nome como autora, pois teve rejeição das editoras por ser mulher assim sendo lançando com o nome de seu marido Percy Shelley. A segunda edição de Frankenstein foi publicada em 1823 em dois volumes, desta vez com o crédito como autora para Mary Shelley.

Mary Shelley faleceu em 1851 com 53 anos de idade, em suspeita de um tumor cerebral.